AUMENTA O CONSUMO DE REMÉDIOS PARA ANSIEDADE E DEPRESSÃO

SÃO PAULO, SP, 12.10.2021: AUMENTA CONSUMO DE REMÉDIOS PARA ANSIEDADE E DEPRESSÃO - Um levantamento da Funcional Health Tech feito a partir da análise de aproximadamente 1 milhão de pessoas, distribuídas por todo o País, mostra que entre Janeiro e Julho de 2021, o consumo de medicamentos para ansiedade e Depressão cresceu 14% em comparação ao mesmo período de 2020. De acordo com o estudo, mulheres jovens (19 a 23 anos) que residem nas capitais foi o perfil que mais cresceu no consumo de medicamentos ansiolíticos e antidepressivos. De acordo com relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pessoas com Depressão aumentou de forma alarmante na última década: quase 5% da população do planeta (cerca de 330 milhões de indivíduos) convive com a doença, o que afeta o desemprenho e o trabalho, muitos não procuram médicos e nem psiquiatras. O Brasil é o segundo país das Américas com maior número de pessoas depressivas, equivalente a 5,8%, atrás dos Estados Unidos, com 5,9%. Além disso, o país ocupa o primeiro lugar quando a questão é a prevalência de casos de ansiedade. Na foto, remédios e medicamentos
12/10/2021


Pesquisar


Carregar Mais......